terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Doação de Feijó não consta na prestação de contas do PSDB, denuncia PSOL



Conforme haviam prometido, dirigentes do PSOL concederam entrevista coletiva na tarde de hoje, quando acrecentaram novas suspeitas sobre o uso de caixa 2 na campanha de Yeda Crusius ao governo estadual.

A deputada Luciana Genro explicou que o vice-governador, Paulo Feijó, fez uma doação para a campanha majoritária de 2006, pagando o aluguel do comitê eleitoral da Av. Nilo Peçannha. "Entretanto, a doação, registrada nas declarações de Imposto de Renda do doador e da empresa locatária, não consta da prestação de contas do PSDB referente à campanha", revelou a parlamentar.

A omissão da doação motivou o vice-governador a ingressar na Justiça solicitando o recibo eleitoral. O processo tramita na 12 Vara Civil, em segredo de justiça, e tem como ré a governadora Yeda Crusius.

Segundo a deputada, esta não é a única doação não declarada, "mas é uma prova material e concreta da prática de caixa dois na campanha de Yeda Crusius".

Nenhum comentário: