segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Oposição propõe indiciamento de Yeda Crusius


A presidenta da CPI da Corrupção, Stela Farias (PT), apresentou, nesta segunda-feira (21), as conclusões dos parlamentares de oposição que participaram da comissão. Acompanhada dos deputados Daniel Bordignon (PT), Elvino Bohn Gass (PT), Raul Pont (PT) e Raul Carrion (PCdoB), Stela propôs o indiciamento de 32 pessoas, entre eleas a governadora Yeda Crusius.

A deputada ainda destacou o boicote sofrido por ação da base yedista, desde o período de coleta de assinaturas para instalação da CPI, mas frisou que a tentativa deliberada da bancada governista de impedir as investigações saiu "frustrada".

Abaixo, a síntese do voto em separado da oposição, que será encaminhado ao Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual e Polícia Federal.


PDF

Um comentário:

Ary disse...

Todos nós sabemos do poder do voto em separado. Suas consequências virão lá pelos idos de março/abril. Excelente período!