quinta-feira, 21 de maio de 2009

Não à desmoralização

O argumento de que a CPI não pode ser criada porque vai paralisar o Estado não pode ser mais furado. Afinal, quem, de sã consciência vai querer investir em um Estado em que a governadora e membros da sua equipe são suspeitos de cometerem irregularidades com dinheiro público? Ou em um Estado onde a governadora não processa quem a acusa e manobra para impedir que a Assembléia Legislativa, através da CPI, investigue as denúncias e, se for o caso, prove a sua inocência?

Se as investigações não forem aprofundadas, além de estagnado, o Rio Grande do Sul vai ficar desmoralizado. E a conta deste novo jeito de governar vai para o povo gaúcho.

Não à desmoralização!Todos pela CPI!

Nenhum comentário: