terça-feira, 9 de junho de 2009

Sintonia e mobilização

Durante a entrevista coletiva desta tarde, um dos aspectos mais ressaltados pelos deputados favoráveis à criação da CPI foi o desejo da população gaúcha de que as investigações sobre os indícios de irregularidades no governo estadual sejam aprofundadas.

Esta vontade foi expressa em todas as pesquisas de opinião publicadas recentemente. Conforme o instituto Datafolha, 88% da população gaúcha quer a CPI da Corrupção e, desses, 70% já consideram a hipótese de impeachment da governadora. Além disso, segundo o mesmo instituto, o governo Yeda é o mais rejeitado da história do Brasil: 51% dos gaúchos consideram sua administração ruim ou péssima.

A partir de amanhã, os deputados irão para as ruas colher assinaturas dos cidadãos que não abrem mão da CPI. A expectativa é que a mobilização seja um fator que empurre para o lado do povo aqueles que estão em cima do muro.

Nenhum comentário: