quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Patética


Simplesmente patética a entrevista concedida pelo chefe da Casa Civil, José Carlos Wenzel, em defesa da governadora. Depois de desfiar as usuais desculpas esfarrapadas que não guardam nexo entre si - "não há nada de novo na denúncia do MPF e o governo está às ordens para esclarecer qualquer dúvida" - Wenzel disse que, ao invés de ser afastada, a governadora merece "gestos de louvor" por estar reestruturando o Detran, de onde foram desviados mais de R$ 44 milhões.

Parece que o baque do anúncio do MPF afetou seriamente a capacidade de discernimento do secretário, que ainda não caiu na real.

2 comentários:

Anônimo disse...

Atualiza aí, que lá vem CPI!

Dá-lhe RS!
Viva a democracia e o papel central do MP!

Beto Silva disse...

Não há fato novo! Ainda bem! Pois são sobre os fatos passados, graves e estarrecedores, que as investigações e as suas consequentes medidas deverão se ater. As denúncias do MPF tem farta documentação. Não precisamos de fatos novos. Esperar por eles é esperar por mais episódios de aparelhamento, desídia e desmandos no comando do governo do estado.