sexta-feira, 7 de agosto de 2009

A turma do mal apresenta suas armas

Mesmo sem ter assinado o requerimento da CPI, o PSDB já está se preparando para entrar em campo para defender a governadora Yeda Crisius. A presidente regional do partido, Zilá Breitenbach, antecipou que irá mostrar que “a função desta CPI não é esclarecer, mas fazer palanque político”.

Traduzindo, a arma escolhida pelos tucanos será a obstrução das investigações.

Nenhum comentário: