quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Tucanos aquecem mercado imobiliário


A governadora Yeda Crusius não é a única tucana que comprou uma mansão avaliada em mais de R$ 1 milhão nos últimos dois anos. Conforme o Novojornal, publicado em Minas Gerais, o governador mineiro comprou, por R$ 12 milhões, o apartamento que pertenceu a seu avô Tancredo Neves.

O crescimento do patromônio de Aécio Neves que, segundo consta, jamais exerceu qualquer atividade empresarial, comercial ou industrial e, desde 1983, ocupa cargos públicos, chama a atenção.

Não há notícias de que o governador tenha acertado sozinho na mega-sena, mas sua declaração ao TRE/MG em 2006 notifica um patrimônio total de R$ 831.800,53. "Somente três anos depois de eleito para o segundo mandato, o governador mineiro, apenas em uma aquisição, conseguiu ampliar 50 vezes seu patrimônio imobiliário, comprando a participação de todos os herdeiros de seu avô Tancredo no luxuoso apartamento situado em Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro. O total pago foi de R$ 12 milhões, à vista", diz o jornal.

Tá certo que os mineiros são conhecidos por gostarem de economizar, então Aécio Neves poderia ensinar ao povo brasileiro como realizar esta façanha.

Assinado: goela rotunda

Nenhum comentário: