terça-feira, 25 de agosto de 2009

Pressões e ameaças


O nome indicado pelo PDT para integrar a CPI como titular será o deputado Gilmar Sossella. Ele substituirá Paulo Azeredo, que agora atuará como suplente. A decisão foi tomada durante reunião da bancada, ao meio-dia desta terça-feira.

Paulo Azeredo, que foi o articulador da participação do PDT na CPI e conseguiu as assinaturas que faltavam para validar o pedido com investigações sobre doações de fumageiras e irregularidades em licitações de barragens, desistiu. Ele alegou problemas pessoais e familiares para justificar o afastamento. No entanto, assessores revelaram que depois de sofrer pressões políticas através de lobistas, o deputado e seus familiares começaram a receber telefonemas ameaçadores.

Assinado: Goela rotunda

4 comentários:

Anônimo disse...

Alguém me explica o rinoceronte, por favor?

Zero Corrupção disse...

Bem, uma fera é um arquétipo de ameaça, não?

José Renato Moura disse...

Olá pessoal. Sou leitor assíduo do Zero Corrupção. Parabéns.
Quero lhes convidar a darem uma visitada no meu blog: www.joserenatomoura.blogspot.com.
Agora, estamos envolvidos na luta contra a privatização da água em São Luiz Gonzaga.E tá difícil.
Abraços.

Zero Corrupção disse...

Oi José Renato
Obrigada pela leitura
E vamos continuar trocando informações