terça-feira, 3 de novembro de 2009

Bradou, bradou, mas não explicou


O vice-presidente da CPI da Corrupção, Gilberto Capoani (PMDB), bradou muito hoje na tribuna da Assembleia Legislativa, mas não explicou por que faltou 11 das 18 sessões da comissão de inquérito.

O peemedebista também não explicou o envolvimento de integrantes do seu partido na fraude desvendada pela Operação Solidária, que investigou o desvio de mais de R$ 300 milhões de obras sob a responsabilidade do Estado.

Nenhum comentário: