sexta-feira, 17 de julho de 2009

Ao estilo da máfia

Adão Paiani, ex-ouvidor da Segurança da Yeda, homem que conhece bem Ricardo Lied, fala sobre o episódio em que o presidente do Detran foi avisado pela polícia de que seu filho seria preso por tráfico: “Ele (Lied) continua delinqüindo e fazendo o serviço sujo para a chefe da camarilha, que pensou haver achado um meio de se livrar dele (de Buchmann), aproveitando-se de um drama familiar ao melhor estilo mafioso”.

Nenhum comentário: