segunda-feira, 6 de julho de 2009

Conexões

Parte das denúncias que Lair Ferst teria feito ao Ministério Público Federal e que foram publicadas na edição desta segunda-feira do jornal Zero Hora está no depoimento que Marcelo Cavalcante estava preparando para o MPF. A confirmação é da própria viúva do ex-chefe do escritório de representação política do Rio Grande do Sul em Brasília.

Ao saber da matéria da ZH, a empresária Magda Koenigkan reiterou que encaminhou ao MPF toda a documentação reunida por Cavalcante sobre as denúncias. Tudo indica que Marcelo Cavalcante falaria tudo o que sabia sobre as irregularidades cometidas durante a campanha de Yeda Crusius e depois, quando a tucana passou a governar o Estado.

Marcelo e Lair eram amigos íntimos. O primeiro foi encontrado morto antes que pudesse fazer qualquer tipo de esclarecimento. Mas Lair e Magda querem falar. Convidada pelo deputado Paulo Azeredo a participar de uma audiência na Assembleia, Magda aceitou. A reunião estava sendo acertada para esta semana, mas a data ainda não está confirmada.

Nenhum comentário: