quinta-feira, 17 de setembro de 2009

"É, eles tão chegando perto"


Durante a CPI do Detran, Flávio Vaz Netto e Antônio Dorneu Maciel, os indiciados pela Operação Rodin, mantiveram intensos contatos telefônicos, onde trocavam impressões sobre o transcorrer da comissão. Numa dessas conversas, em 14 de maio de 2008, eles comentam sobre a proximidade das investigações dos caras “que mexeram com o dinheiro da campanha dela”.

Íntegra da conversa


Maciel
- (…) mas o Fabiano tava dando uma coletiva a pouco, ehhhh,

Flávio Vaz Netto – mencionando a minha convocação..

Maciel – é. … explicando porque precisa, porque não precisa. Apresentou uma cópia do contrato do comitê da Yeda assinado pelo Bordini e pelo Lair.

Flávio Vaz Netto – contrato de que??

Maciel – de aluguel do comitê da campanha.

Flávio Vaz Netto – pelo Bordini e pelo Lair?

Maciel
– assinado pelo Bordini e pelo Lair.

Flávio Vaz Netto – é.. eles tão chegando perto, hein!

Maciel
– é...

Flávio Vaz Netto – chegando nos caras aí que mexeram com o dinheiro da campanha dela.

Maciel – tem qualquer coisa no Uruguai, viu!

Flávio Vaz Netto – hein?

Nenhum comentário: