quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Yeda já tinha avisado

Para não cair junto, PMDB abafa investigação da corrupção

Faz exatamente um mês que a governadora Yeda Crusius, acuada pela denúncia do Ministério Público Federal por improbidade administrativa, mandou o seguinte recado aos partidos que integram a sua gestão: "não vou cair sozinha".

Para o deputado Daniel Bordignon, o aviso pode ter relação com a decisão da base yedista com assento na CPI de boicotar as investigações. "A chantagem deve estar funcionando. Os deputados estão com medo que o avanço dos trabalhos da CPI torne a situação da governdora insustentável e ela cumpra o que prometeu, ou seja, divida a responsabilidade pelos crimes de corrupção constatados na sua administração".

Nenhum comentário: