segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Aahhh


Enquanto o deputado Alexandre Postal (PMDB) se declarou "enojado" após ouvir gravações sigilosas referentes à Operação Solidária, seu colega de partido, Gilberto Capoani disse "estar tranquilo".

Ao deixar a audiência da CPI da Corrução durante o depoimento do proprietário da empresa Atento Service, o vice-presidente da comissão reafirmou aos jornalistas que "estava tranquilo porque não tinha ouvido a palavra dinheiro nas gravações".

Um comentário:

elektrofossile disse...

Capoani - ouvi isso em abril desse ano - fez, ou apoiou, grilagem sobre terras do Quilombo da Casca. Lá por Mostardas.