quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Deputados aguardam para hoje resposta sobre dados bancários e fiscais da governadora


Os deputados Ronaldo Zülke (PT) e Paulo Azeredo (PDT) reuniram-se na manhã de hoje com a procuradora da República, Jerusa Viecili, integrante da força-tarefa da Operação Rodin que entrou com ação de improbidade administrativa contra a governadora e mais oito pessoas, e formalizaram o pedido de acesso aos dados fiscais e bancários da governadora Yeda Crusius. Eles aguardam uma resposta ainda para hoje.

Antes, os parlamentares tinham encontrado com com a juíza da 3ª Vara da Justiça Federal de Santa Maria, Simone Barbisan Fortes, para solicitar mais informações sobre os dados sigilosos da ação. A juíza, no entanto, disse que não poderá atender o pedido, uma vez que a ação de improbidade está suspensa por um questionamento sobre exceção de suspeição de um dos réus.

Em nota, Simone Barbisan informou que toda a documentação da ação foi disponibilizada à Assembleia Legislativa, mas que os dados fiscal e bancário não estão disponíveis no processo.

Um comentário:

Gustavo R. Nunes disse...

Quando se fala em compra de bens com o dinheiro público, a casa da governadora é uma extensão do Palácio Piratini... Agora quando a manifestação é feita lá em frente (da casa), aí é privada...

Afinal... Ela tem problemas "psicológicos" ou "maniáticos" por trabalhar em escrivania infantil?

Vai saber não é mesmo... "Porque especialista nesse caso eu não sou..."