segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Veio sete zero


Antônio Dorneu Maciel X José Otávio Germano
Data: 29/10/2007
Hora: 18h19min

José Otávio Germano – alô!

Maciel – tô aqui no escritório!

José Otávio – mas eu tô em casa, irmão, tu mandou..

Maciel – não.. escritório, tu me disse, eu te espero no escritório, Zé Otávio. 'Eu te espero em casa', tu me ligou daqui eu disse não tu me espera aí que até é melhor prá mim.

José Otávio – tá.. entendi mal. Pode ser no.. pode deixar com a Ana Cláudia..

Maciel – quanto que é??

José Otávio - sete um...

(ouve-se som sugestivo de contagem de dinheiro)

Maciel – então ficou um prá trás, depois eu pego..

José Otávio – hããã??

Maciel – veio sete zero...

José Otávio – tá bom.. (incompreensível)

Maciel – deixo com ela aqui.

José Otávio Germano – tá!

Maciel – tá!

José Otávio – quer que eu fale com ela ou não precisa?

Maciel – não, ela sabe o que fazer.

José Otávio – manda ela esperar. Só isso.

Maciel – mando ela esperar.

José Otávio – é....

Maciel – tchau...

José Otávio – meu irmão! Tu pega prá mim o negócio lá, que horas eu tenho que chegar lá?

Maciel – não sei, eu vou prá lá agora. Chego lá e te aviso.

José Otávio – tá! Valeu.

Nenhum comentário: