quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Bohn Gass pede convocação de Lemos, Bordini e Moreira


Diante da gravidade das denúncias apresentadas na sessão de hoje da CPI da Corrupção, o líder da bancada do PT, Elvino Bohn Gass decidiu encaminhar requerimento para que a comissão convoque mais três testemunhas para depor:

- Fernando Lemos - presidente do Banrisul
- Rubens Bordini - vice-presidente do Banrisul
- Alexandre Moreira - assessor do deputado Coffy Rodrigues, ex-motorista da campanha de Yeda Crusius e quem, segundo conversa entre Lair Ferst e Marcelo Cavalcante, interceptada pela Polícia Federal na época da Operação Rodin, teria ido a Santa Cruz buscar, em dinheiro vivo, a doação de R$ 400 mil de duas fumageiras à campanha de Yeda Crusius ao Palácio Piratini. Entre estas empresas, está a Alliance One, beneficiada com um empréstimo irregular concedido pelo Banrisul.

Nenhum comentário: