terça-feira, 20 de outubro de 2009

Três horas de silêncio dos governistas

Deputados da base de Yeda assistem sessão calados
A apreciação do parecer da comissão especial que trata do pedido de impeahment da governadora Yeda Crusius inciou há três horas e, até momento, apenas deputados da oposição ocuparam a tribuna. O primeiro a falar, em nome do PC do B, foi Raul Carrion. Depois, manifestaram-se os petistas Raul Pont, Adão Villaverde, Stela Farias, Elvino Bohn Gass e Ronaldo Zülke e Marisa Formolo, os pedetistas Gilmar Sossela e Paulo Azeredo (está na tribuna nesta momento), o socialista Miki Breier e o democrata Marquinho Lang.

Segundo as regras aprovadas em reunião de líderes, cada bancada tem uma hora para falar. A relatora da Comissão Especial, deputada Zilá Breintebach (PSDB), tem o direito de se manifestar após a fala de cada deputado, mas até agora permaneceu calada.

Nenhum comentário: