sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Legal coisa nenhuma


Parecer da Contadoria e Auditoria-Geral do Estado, de 15 de maio de 2007, esfarela a fachada de legalidade que o governo do Estado quer imprimir às compras efetuadas com dinheiro público para a mansão da governadora. Segundo a CAGE, os gastos referentes a benfeitorias na residência particular de Yeda Crusius “devem ser os estritamente necessários para garantir a segurança da governadora e de seus familiares...”

Por maior que seja o esforço do chefe da Casa Civil, Otomar Vivian (PP), vai ser muito difícil convencer que o piso que recobre a garagem da casa da governadora e a mobília do quarto de seus netos tenham a mais tênue relação com a segurança da Chefe do Poder Executivo.

Um comentário:

Teresinha Carpes disse...

Não SÃO só os secretários da governadora Yérda Crusius Créido(PSDB)que dizem que é legal a compra de tudo isto!A Rádio Bandeirantes,cujo programa é Bandeirantes é: "Caminho do Sol"todas as noites repete esta mentira,o comunicador é,Milton Cardoso,e todas as noites das 23 horas até 1,30 da manhã,que é muito concorrido,mais de 100 pessôas,mandam torpedos E-mails,e ainda em a Rádio Pampa,que desde o sr.Marney Barcellos,o seu Gustavo Victorino,amam a governadora,e tem dela um ótimo suporte de créditos em publicidade!Eita Rio Grande do Sul,vc está de quatro,aqui e em São Paulo,a parada é dura,lá o Serrasuga,tem também a imprensalona na palma da mão,por isto pode roubar,fazer o que quizer com a grana de propina da Alston e da Sadesp...Viva o Tucanato,e abaixo o povão!!!