terça-feira, 20 de outubro de 2009

Capoani, um dos sabotadores da CPI


Campeão de faltas na CPI da Corrupção - deixou de comparecer a dez audiências - o vice-presidente da comissão, deputado Gilberto Capoani (PMDB), resolveu bradar contra a CPI porque, na sua opinião, nada será investigado.

Bem, se a CPI dependesse do peemedebista para trabalhar, até agora nada teria sido realizado. Apesar de ser vice-presidente, Capoani faz parte do grupo dos sabotadores da CPI: ou não vai às reuniões ou vota contra os requerimentos para convocar testemunhas ou requesitar documentos.

Ontem, ele levou o boicote às últimas consequências: para impedir a CPI de ouvir o vice-presidente do Banrisul, Rubens Bordini, suspeito de envolvimento em irregularidades na campanha de Yeda Crusius ao Palácio Piratini e de favorecer uma empresa doadora de recursos para o PSDB com um empréstimo no Banrisul, Capoani votou contra seu próprio requerimento.

Um comentário:

marcos disse...

Qual a base eleitoral do vetusto deputado ? O Rio Grande precisa saber !