segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Os apelidos de João Luiz Vargas


Chama a atenção o número de apelidos recebidos pelo ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado, um dos indiciados na Operação Rodin pela fraude no Detran. Conversas interceptadas pela Polícia Federal mostram que João Luiz Vargas era conhecido como pai de santo, chefe de terreiro, chefe da umbanda, saravá e outras denominações semelhantes. Neste diálogo, entre o deputado estadual Marco Peixoto (PP) e Antônio Dorneu Maciel, algumas destas alcunhas são citadas.

Marco Peixoto X Antônio Dorneu Maciel

Data: 31/10/2007
Hora: 10h58min

Maciel: Oi.

Peixoto: Tu tá aonde Maciel?

Maciel: To no grêmio, tô indo lá pra me encontrar com o homem.

Peixoto: O o João Luiz tá aqui comigo, te esperando aqui na praça, nós tamo sentado aqui na praça.

Maciel: Mas eu não sabia, só se eu tivesse uma bola de cristal.

Peixoto: Ah, para tchê... mas eu te falei hoje de manhã.

Maciel: Mas vai te catar o o o saravá... vai Pega esse chefe de umbanda

Peixoto: Tu não quer.... tu não quer falar com o João Luiz?

Maciel: Tô indo pra aí.

Peixoto: Tô te esperando na praça, na praça aqui.

Maciel: Fica quieto aí.

Peixoto: Então vem embora.

Maciel: Não, tô indo pra aí. Tchau.

Nenhum comentário: