segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Incapaz de depor, Genilton Ribeiro se dedicou à jardinagem


Conhecido repórter de uma conhecida rádio gaúcha esteve no final de semana na residência do secretário adjunto de administração e teve uma surpresa quando encontrou Genilton Ribeiro aparando a grama. Afinal, na última quinta-feira (1), Ribeiro não compareceu na audiência da CPI da Corrupção, onde prestaria depoimento, com a alegação de que estava doente. Segundo o atestado médico apresentado por seu advogado, o integrante do Executivo estadual estaria acometido de uma "patologia incapacitante".

Incapaz para depor, mas forte o suficiente para trabalhar no jardim,
Genilton Ribeiro, citado pelo ex-presidente do Detran Sérgio Buchmann em depoimento à Polícia Federal como conhecedor do esquema de divisão da propina gerada pela fraude na autarquia, será o último depoente de hoje.

Nenhum comentário: